Saúde e Bem-estar

em

Só para verem que eu sei falar de tudo, hoje inicio neste blog a temática da Saúde e Bem-Estar.

Esta ação decorre de uma visita ao médico da medicina do trabalho. É uma obrigação periódica que eu, pessoalmente, acho que não serve para nada. Além de meia dúzia de análises ao sangue, o restante parece quase apenas um inquérito.

No entanto, durante a consulta, o médico diz-me esta frase surpreendente: “Tem as tensões muito elevadas. Sabe que se perder peso a pressão arterial também baixa?”. Pior!!! Disse-me isto duas vezes, por isso não foi engano.

Ora eu não me considerava, até ontem, gordo!!!! Pensava que 70 kg para 1,70 cm estava até bastante bem. O médico devia ver os meus amigos antes de me dizer aquilo…

Foi então que ontem, calmamente, coloquei-me em frente ao espelho para me vestir e constatei, para a minha surpresa, que tenho o péssimo hábito de encolher a barriga antes de olhar para o espelho.

Aquele reflexo que antes me parecia uma espécie de Schwarzenegger, mas muito mais baixo e ligeiramente mais bonito, ontem já não conseguiu esconder umas banhas abdominais. O espelho também já tem uns anos. Se calhar num espelho novo…mas não vou por aí!

Bem, isto tudo para dizer que hoje voltou o tempo agradável e, então, com o sol a fazer-se sentir, eis que resolvo ir fazer uma caminhada. Uma coisa à séria. Nada de ir ver montras.

Como já não é a primeira vez que me dá para isto, já possuo todo o equipamento necessário. Só foi preciso encontrá-lo e em menos de meia hora tinha tudo à mão.

O único contratempo aconteceu ao vestir as calças do fato de treino. Estão bastante apertadas na zona do rabo e não o estavam quando as comprei. É o problema de comprar roupa barata, ela minga mesmo se não a usar.

Meto os óculos de sol, dou a partida na app que vai registar todo o meu percurso e faço-me à estrada…ou antes, ao passeio ou à calçada ou lá o que quiserem chamar. 50 minutos depois, está feito!!!

Foram 4,6 Km no ritmo mais acelerado que me foi possível. Fui ultrapassado apenas por duas velhinhas que se via perfeitamente que conheciam todos os cantos ao trajeto.

Cheguei agora a casa. Ligeiramente inchado, pois a parte da descida era à ida para lá. Segundo a aplicação do telemóvel, perdi 396 calorias. Não sei se é muito ou pouco mas que me abriu o apetite, lá isso abriu. Sinto até uma ligeira fraqueza.

Só não vou já atacar o frigorífico pois sinto bastantes dores nas virilhas, nos calcanhares e, basicamente, nas pernas todas. Deitei-me agora no sofá e estou a pensar se não é melhor ligar à minha mãe para dizer que gosto muito dela, antes que seja tarde demais.

Sei que estou a exagerar. Sei que amanhã ainda vai doer mais, mas que, eventualmente, as dores vão passar e, quando isso acontecer e a minha forma de caminhar voltar ao normal, ainda me vou rir disto.

Se calhar até estamos a presenciar ao nascimento de uma bonita tradição, esta de fazer a caminhada todos os anos a 2 de fevereiro. Mas se calhar não!

RBhttps://www.casacomtodos.com
Informático, de profissão e vocação, adora fazer caminhadas, correr, ver séries e ler livros de finanças pessoais. Destas, apenas 2 são mesmo verdade.

Deixar um comentário

ATUALMENTE A LER

MAIS POPULARES

COMENTÁRIOS RECENTES