O Nosso Hipermercado Favorito

em

Moramos numa terra de hipermercados. Num raio de 5 Km da nossa casa temos um Continente grande e outro menor, um Pingo Doce grande e outro mais pequeno, um Lidl, um Mercadona, um Intermarché onde nunca entrei e um cash & carry.

Existem também vários supermercados mais pequenos mas não entrarão nesta análise.

Não nos falta escolha e temos os nossos produtos preferidos em cada uma destas marcas. Assim, na hora de fazer as compras, o hipermercado é escolhido de acordo com os produtos que queremos comprar. Penso que será assim para toda a gente.

Como ultimamente temos andado de hipermercado em hipermercado, saindo de um e entrando noutro, para comprarmos os produtos que mais gostamos ou pensamos que têm a melhor qualidade preço, questionei-me por curiosidade qual seria aquele onde nós gastamos mais dinheiro, ou seja, o nosso preferido.

Lembrei-me então de partilhar esta análise. Não é que vá ser muito interessante ou surpreendente, mas está a chover a potes e não há muito mais para fazer.

Continente

O Continente é o maior hipermercado aqui nesta zona e também o mais perto cá de casa. Por isso, era o hipermercado mais habitual antes de passarmos a experimentar outros produtos de outras marcas. Atualmente vamos ao Continente quando temos muitas compras para fazer porque é aquele que aqui tem mais produtos. É também o que utilizamos para compras online.

Infelizmente, muitas vezes saio de lá aborrecido com as “promoções” deles. É muito comum terem promoções mais caras que os mesmos produtos noutras lojas. Por exemplo, há sempre vinhos que custavam 12€ e estão com um desconto fantástico e com um preço de 4€. No entanto, se utilizarem a app para smartphones Vivino vão perceber que o preço normal do vinho é 4€ ou inferior.

Este é só um exemplo, porque há muitos casos destes e irrita-me profundamente saber que me estão a enganar. Claro que também tem promoções que valem muito a pena, mas já tenho que ter outra atenção quando vejo a palavra “Promoção”…

A vantagem do Continente é que o espaço é mais do dobro do que o dos outros e tem também muito mais produtos por onde escolher. Ao contrário do que me dizem às vezes, o tamanho interessa. Pelo menos nos hipermercados.

Tem também o cartão Universo que dá um cashback de 1% em cartão em todas as compras, mesmo as efetuadas noutras lojas, o que é interessante. Agora com Apple Pay, ainda gosto mais deste cartão.

Pingo Doce

Há vários produtos do Pingo Doce que gostamos, como por exemplo o pão de alho. No entanto, detesto ir aos Pingo Doce daqui. Se tiver que ir, vou contrariado. Um deles fica mesmo no centro da terra e é impossível estacionar e o outro tem os corredores tão estreitos e mercadoria mesmo no meio que é muito difícil um carro de compras passar por outro que venha em sentido contrário.

Quando me obrigam a lá ir, saio sempre de lá numa pilha de nervos. Já a IM não se importa, pelo que as poucas vezes que gastamos de lá, é a IM que faz as honras.

Lidl

O “nosso” Lidl é agradável. É grande e espaçoso o suficiente para se andar à vontade. Tem também vários produtos de que gostamos e achamos que o preço é bom para a sua qualidade.

O café para as máquinas Nespresso tem uma qualidade bastante razoável para o preço. Não é igual à qualidade das da Nespresso, mas em vez de 3,90€ por 10 cápsulas, pagamos 3,75€ por 20, ou seja, menos de metade. Como nós bebemos cerca de 10 por dia, agora que trabalhamos a partir de casa, a poupança ao fim do ano é considerável.

O whiskey é outro exemplo. Eles têm uma marca de whisky com 5 anos por cerca de 9€ que não é em nada inferior aos que custam mais de 20€. Como eu sou um bom consumidor de whisky, já que até há pouco tempo atrás era a única forma que eu tinha de conseguir ver os jogos da minha equipa de futebol, faço aqui uma boa poupança.

Existem muitos mais produtos de boa relação preço/qualidade como os produtos de higiene, detergentes, papel higiénico, cervejas, laticínios (não devia ter misturado cerveja com laticínios), etc.

Mercadona

Ao nível das condições oferecidas ao consumidor, o Mercadona é o meu prefiro. Tem corredores largos e os produtos bem expostos. Nunca se está muito tempo em filas para pagar e tem bastantes funcionários para quando necessitarmos de algum apoio com um atendimento muito simpático e profissional.

Não é dos que têm mais produtos à disposição, antes pelo contrário. Já saí de lá muitas vezes para ir a outro pois não tinham produtos que necessitamos no dia a dia e que eu considero que deveriam ser obrigatórios, mas os produtos que tem são de qualidade.

O pão é o melhor daqui da zona, o presunto é muito bom, a carne também. Aliás, vamos lá de propósito quando precisamos comprar carne.

O preferido

Analisando os gastos dos últimos 3 meses, concluo que o hipermercado que mais frequentamos, ou pelo menos aquele onde gastamos mais é o Lidl, por grande margem, o que me surpreendeu pois antes de morar com a IM, acho que entrei num Lidl duas ou três vezes. Mas era noutra “freguesia”.

Claro que, muitas vezes, vamos ao Lidl comprar um dos produtos em que eles se destacam e acabamos por trazer outras coisas para evitar uma deslocação a outro.

Outra conclusão que posso tirar é que em 3 ou 4 anos passei de gastar quase exclusivamente do Continente para quase nunca lá ir atualmente. É interessante ver como os hábitos de consumo muitas vezes mudam sem nos apercebermos disso.

RBhttps://www.casacomtodos.com
Informático, de profissão e vocação, adora fazer caminhadas, correr, ver séries e ler livros de finanças pessoais. Destas, apenas 2 são mesmo verdade.

2 COMENTÁRIOS

    • Viva,

      Uso há muitos anos o YNAB e estou atualmente a experimentar o Banktivity 7 já que o YNAB é o melhor em termos de orçamentos mas tem limitações. P.ex. não permite acompanhar os investimentos.

Deixar um comentário

ATUALMENTE A LER

[td_block_16 sort=”popular” td_ajax_preloading=”preload” custom_title=”MAIS POPULARES”]

COMENTÁRIOS RECENTES