O Natal e os Presentes

em

O Natal está à porta.

Para mim o Natal é sinónimo de reunião familiar, boa comida, boa bebida e crianças (e alguns adultos) excitadas.

É a melhor noite do ano mas é precedida pelo pior período do ano. Em apenas 3 semanas, realizam-se de várias festas de aniversário (uma das quais a minha), jantares de natal de amigos, colegas e empresas, está sempre um trânsito infernal e há o stress dos presentes de Natal.

Já foi pior. Há uns anos trocava-mos presentes entre todos e, pertencendo a uma família grande, a compra dos presentes prolongava-se por várias semanas e o subsidio de Natal não chegava.

Há cerca de 7/8 anos combinámos todos que o Natal seria mais feliz sem o stress provocado pelas compras e posteriores trocas de presentes imediatamente depois do Natal. Deixámos então de trocar presentes entre adultos. Ganhámos saúde e dinheiro.

Mesmo assim, há sempre algo que pode ser optimizado.

Muitos dos presentes que as crianças recebiam não eram exatamente o que elas desejavam. Às vezes ficavam até tristes porque gostavam mais dos presentes do primo. Além disso, muitos não eram utilizados para além do dia de Natal. Depois da surpresa perdiam o encanto e eram encostados pelos miúdos. Todos os anos tínhamos um saco enorme de brinquedos para dar.

Então, cada criança passou a fazer uma lista dos presentes que gostariam de receber, tipo lista de casamento, e os adultos passaram a orientar-se pelas diversas listas. Há sempre uma prendinha ou outra lá pelo meio que não fazia parte das listas para tentar manter um pouco da emoção da surpresa mas, normalmente, são coisinhas pequenas e baratas.

Sim, perdeu-se um pouco da surpresa mas a ansiedade e a emoção continuavam lá e a contagiar os adultos quando chegava o momento das crianças abrirem os presentes, sempre depois de terminada a ceia de Natal e um presente de cada vez para fazer render mais a noite.

E depois chegava o Pai Natal, que tocava à campainha e deixava mais um saco de presentes à porta para os miúdos que se portaram bem, i.e., todos. Nos últimos anos já não podia esperar que lhe abrissem a porta e o cumprimentassem porque tinha cada vez mais entregas para fazer e porque os mais crescidos começaram a reparar que as sapatilhas do pai Natal eram iguais às do papá.

Entretanto as crianças vão crescendo e os seus gostos mudando. Agora a maior parte delas já é teenager e não faz lista porque não querem brinquedos nem roupa. Agora a moda é pedir dinheiro. Dinheiro para juntar para um telemóvel, para um PC, para um tablet, etc. Os PC’s já não podem ser uns quaisquer, têm que ser “gamer” e ter Led’s a piscar, tal como o rato e os phones. Agora é tudo “gamer”.

Por um lado fico triste que assim seja. A agitação da abertura dos presentes, do meu stress em apanhar o papel de embrulho do chão porque detesto desarrumação e das senhoras a apanharem os lacinhos dos embrulhos antes que se estraguem está agora limitada às três crianças mais pequenas.

Por outro lado, vejo que os mais grandinhos já começam a ter umas noções da gestão das suas próprias finanças pessoais. Já sabem o preço das coisas, pelo menos das que desejam, já aprenderam que se quiserem algo têm que poupar para o ter e também que não podem ter tudo, pelo que têm que fazer opções. A compra dos presentes também já não é tão stressante pois são menos.

Não sei se é caso para dizer que há males que vêm por bem, mas sinto saudades de ver os olhares dos meus pequeninos todos antes de ser anunciado o próximo a abrir o presente.

Este ano será, para nós, uma festa completamente diferente das anteriores pelo motivo conhecido de todos e que lhe irá retirar grande parte do encanto, mas a saúde estará sempre em primeiro lugar. Iremos trocar a presença física pelo WhatsApp e pelo FaceTime, mas no ano que vem será feita a desforra.

Bom Natal para todos, com muita saúde e muito amor.

RBhttps://www.casacomtodos.com
Informático, de profissão e vocação, adora fazer caminhadas, correr, ver séries e ler livros de finanças pessoais. Destas, apenas 2 são mesmo verdade.

Deixar um comentário

ATUALMENTE A LER

MAIS POPULARES

COMENTÁRIOS RECENTES