Crescimento de Dividendos

em

Como tenho vindo a relatar aqui, no início deste ano resolvi começar a investir seguindo a estratégia de crescimento de dividendos.

A minha estratégia é investir em empresas que pagam dividendos aos seus acionistas consistentemente mas, além disso, aumentam também de forma consistente esses dividendos.

O objetivo, como já comecei numa idade que não me permite sonhar mais alto, é criar uma fonte de rendimento passiva que me pague algumas contas e seja um bom complemento à reforma, mantendo inalterável o investimento de forma a garantir a sua continuidade.

No entanto, não basta que as empresas em que investir paguem dividendos. Elas têm também que aumentar consistentemente esse dividendo num valor igual ou superior ao valor da inflação, para que esse rendimento passivo se mantenha ou, idealmente, cresça ao longo dos anos.

Ainda não passou um ano desde que adotei esta estratégica mas já posso tirar algumas conclusões analisando o que passou a este nível até agora.

TickerNomeYield CustoSetorÚltima Act. Dividendo
ADMArcher-Daniels-Midland Co4,18%Bens de consumo2,9% (março 2020)
GISGeneral Mills, Inc.3,72%Bens de consumo
KOCoca-Cola Co3,60%Bens de consumo2,5% (abril 2020)
KKellogg Company3,30%Bens de consumo
MOAltria Group Inc8,27%Bens de consumo2,4% (outubro 2020)
PMPhilip Morris International Inc.5,84%Bens de consumo2,4% (Agosto 2020)
TGTTarget Corporation2,14%Bens de consumo3,0% (setembro 2020)
GPCGenuine Parts Company4,21%Bens não essenciais3,6% (abril 2020)
CVXChevron Corporation5,65%Energia8,4% (março 2020)
AFLAFLAC Incorporated3,30%Financeiro3,7% (março 2020)
LTCLTC Properties Inc6,06%Imobiliário
ORealty Income Corp5,28%Imobiliário0,2% (julho) + 0,2% (abril)
SPGSimon Property Group Inc7,82%Imobiliário-38% (junho 2020)
STORStore Capital Corp5,88%Imobiliário
MMM3M Co3,98%Industria2,1% (março 2020)
UPSUnited Parcel Service, Inc.4,23%Industria5,2% (março 2020)
ABBVAbbVie Inc5,35%Saúde10,3% (fevereiro 2020)
PFEPfizer Inc.4,20%Saúde5,6% (março 2020)
JNJJohnson & Johnson3,15%Saúde6,3% (junho 2020)
WBAWalgreens Boots Alliance Inc4,35%Saúde2,2% (julho 2020)
EDConsolidated Edison, Inc.4,28%Serviços3,14% (março 2020)
SOSouthern Co4,81%Serviços3,2% (junho 2020)
AAPLApple Inc.2,07%Tecnologia6,5% (maio 2020)
IBMIBM Common Stock5,42%Tecnologia0,6% (junho 2020)
MSFTMicrosoft Corporation1,10%Tecnologia
TAT&T Inc.7,12%Telecomunicações2,00% (fevereiro 2020)

Pelo quadro anterior posso concluir que, no meu portfolio de 26 empresas:

  • 20 empresas (77%) já aumentaram ou anunciaram o aumento do seu dividendo em 2020.
  • 12 empresas (46,15%) já aumentaram o seu dividendo desde abril, quando a pandemia começou realmente a afetar as economias e 9 delas (34,62%) antes de abril.
  • A média destes aumentos no meu portfolio é de 3,07%.
  • Das 6 empresas que ainda não anunciaram aumento de dividendo, 3 delas costumam fazer esse anúncio em meses futuros (Kellogg em setembro, Store Capital em outubro e Microsoft em dezembro), pelo que ainda vão a tempo de o fazer como de costume.
  • Apenas 2 empresas cancelaram ou reduziram o seu dividendo até agora: o banco Wells Fargo (WFC) que, devido a isso, já não faz parte do meu portfolio e o REIT Simon Property Group (SPG) que reduziu o dividendo em 38% mas antes de fazer parte do meu portfolio.

Para já, posso também concluir que o meu portfolio não está a ser dos mais afetados pela pandemia.

Isso resulta do fato de eu investir maioritariamente em empresas blue chip. São empresas enormes, mais defensivas e com um negócio já muito consolidado, habituadas e preparadas para enfrentar crises económicas.

Também posso concluir que as empresas que já aumentaram o valor dos seus dividendos, fizeram-no por valores bastante superiores ao valor da inflação, sabendo que a inflação em Portugal foi de 0,3% em 2019 e que em 2020 ainda deverá ser inferior.

A única exceção é, talvez, a IBM com uma subida de 0,6%. No entanto, mesmo a IBM está mais ou menos em linha com a inflação pelo que não irá originar uma perda de rendimento no próximo ano.

Conclusão

Sendo este um ano muito atípico mas principalmente por ser o primeiro ano em que aplico esta estratégia de investimento, fico satisfeito por verificar que, para já, apesar de uma crise mundial com contornos que ninguém adivinharia há uns meses, a estratégia permanece válida e a produzir os resultados esperados.

Mesmo que não investisse mais dinheiro e se nenhuma empresa do meu portfolio reduzisse ou cancelasse o seu dividendo, em 2021 iria ter um retorno superior ao de 2020, já contabilizando o valor da inflação.

Ainda assim, acredito que em anos futuros este efeito será mais visível. As empresas que aumentaram os seus dividendos após o início da crise fizeram-no de forma conservadora, de forma a preservarem capital e defenderem-se melhor dos seus efeitos. Quando a crise for ultrapassada e voltarmos ao “normal”, estes crescimentos de dividendos terão condições para serem superiores.

Claro que ninguém sabe o dia de amanhã e este é apenas um exercício de especulação, mas aconteça o que acontecer, cá estarei para fazer os ajustes que acredite serem necessários.

Bons investimentos.

RBhttps://www.casacomtodos.com
Informático, de profissão e vocação, adora fazer caminhadas, correr, ver séries e ler livros de finanças pessoais. Destas, apenas 2 são mesmo verdade.

Deixar um comentário

ATUALMENTE A LER

MAIS POPULARES

COMENTÁRIOS RECENTES