Bifanas à Moda do Porto

em

Talvez alguns não conheçam, mas quem é do norte, sabe do que falo…

Bem sei que bifanas há por todo o país, muitos até as comem como um bife, no prato acompanhado com arroz e batata frita, ou no pão, como as típicas de vendas novas. Mas estas, que também se comem no pão, com uma receita bastante simples, não se comparam a mais nenhuma. 

Falamos de um molete recheado com lascas de carne finíssimas e bem encharcadinhas de um molho divinal à base de Vinho branco, Cerveja, Vinho do Porto e Whisky.

Quanto mais finas forem as lascas, mais sabor incorporam e mais se desfazem na boca… A descrição é fraca, mas o petisco é dos deuses…

Esta bifana é a rainha em qualquer ocasião, seja em festas de aniversário, jantaradas de amigos ou mesmo aquele petiscozinho de final de dia para apreciar com uma bela cervejinha fresca.

Se há restaurante de referência para apreciar este petisco, é o Conga – Casa das Bifanas. Situado no centro da cidade do Porto, mesmo ao lado da Câmara, tem casa cheia a qualquer hora do dia ou da noite.

Aqui na zona norte, muitos são os talhos que já as vendem congeladas em embalagens com cerca de 1kg e cortadas como manda a tradição.

No resto do país não sei se encontrarão, mas caso não haja, podem sempre comprar um naco de carne para bifanas e congelar. Quando a carne já estiver quase congelada, cortem com uma faca bem afiada de forma a não cortar fatias, mas sim lascas quase transparentes. 

Depois, é só seguir a receita:

Bifanas à Moda do Porto

Preparação5 mins
Cozedura35 mins
Tempo Total40 mins
Doses: 5
Custo: 7€

Ingredientes

  • 1,5 kg Bifanas laminadas
  • Azeite, q.b.
  • Óleo, q.b.
  • 4 Dentes alho laminados
  • Pimenta branca, q.b.
  • Colorau, q.b.
  • 1 folha Louro
  • Sal, q.b.
  • 250 ml Vinho branco
  • 2 Cervejas
  • 1 cálice Vinho do Porto
  • 2 cálices Whisky
  • 1/2 Limão pequeno

Instruções

  • Num tacho colocar o azeite e óleo em partes iguais (deverá pelo menos cobrir o fundo do tacho);
  • Deitar o alho cortado às rodelas, o louro, a pimenta branca e o colorau e deixar fritar em lume brando, mexendo sempre. Juntar o vinho branco, a cerveja, o Vinho do Porto e o Whisky;
  • Deixar levantar fervura, e deitar as bifanas laminadas (que não deverão estar temperadas com nada) e juntar um pouco de sal;
  • Mexer, colocar a metade de limão dentro do tacho a ferver com a carne (tenham em atenção o tamanho do limão, pois pode ser responsável por tornar as bifanas azedas) Na panela de pressão costumo deixar uns 35 minutos (gosto que a carne fique a desfazer-se);
  • Provar e retificar os temperos ao gosto de cada um (aqui em casa gostamos delas picantezinhas).
  • Geralmente o molho é suficiente, mas como as faço na panela de pressão, às vezes ficam com menos molho e necessito de acrescentar cerveja. Esta receita não leva água nenhuma, pelo que se acharem que precisam de mais molho devem acrecentar cerveja.
  • Quando a carne estiver bem tenrinha, estão prontas a servir dentro dos moletes.

Vale lembrar que as Bifanas são ainda melhores no dia seguinte aquecidas, por isso se as puderem fazer de véspera, não se vão arrepender.

Bom apetite!!!

IMhttps://www.casacomtodos.com
IM, consultora de profissão, esposa e mãe por opção, dona de casa por obrigação. Uma apaixonada pela vida que quando não está a fazer o que gosta, está certamente a fazer o que não gosta.

Deixar um comentário

ATUALMENTE A LER

MAIS POPULARES

COMENTÁRIOS RECENTES