A Minha Receita de Rabanadas

em

O Natal é a época das rabanadas.

Há uns dias estava com um amigo a falar sobre como eram as nossas rabanadas preferidas e ele pergunta-me se eu tinha a receita das que gosto mais.

Ao princípio apetecia-me bater-lhe pela ideia que ele faz de mim, mas depois pensei um pouco e decidi dar-lhe a receita que o meu bisavô passou para o meu avô, que este passou para o meu pai e o meu pai passou para mim. Deixo-a aqui como forma de passagem para o meu filho, quando ele descobrir este blog, e para quem tiver a infelicidade de ler isto à procura de saber fazer rabanadas.

Preparação

A primeira coisa a fazer é uma lista de todos os ingredientes necessários. Agora não a tenho aqui de cabeça mas não é nada de especial.

Posteriormente é necessário ir ao hipermercado adquirir os produtos em falta. Garantir que a esposa também vai (para não termos que voltar lá e trocar as coisas que comprámos erradas) e leva a lista.

Já no hipermercado, como para ajudar às vezes basta não atrapalhar, dar um tempo à esposa e, enquanto ela selecciona os ingredientes, dar uma vista de olhos às promoções de vinhos.

Confecção

Chegando a casa, garantir que todos os ingredientes e a esposa de encontram na cozinha, servir-lhe um vinho do Porto, colocar uma música e fechar a porta. Aguardar 20 minutos e abrir a porta. As rabanadas estão prontas.

Servir quentes ou frias, consoante o gosto.

A receita da minha esposa tem algumas diferenças em relação à minha mas as rabanadas ficam iguaizinhas.

Curiosamente esta também é a minha receita para cabrito assado no forno.

Há várias variantes desta receita em que se substitui a esposa pela mãe ou pela sogra. O importante é que façam as do vosso gosto.

Ahhh e o meu amigo agora já sabe. Quando quiser falar comigo sobre culinária, teremos que falar de grelhados, assados no forno e alguns pratos asiáticos.

Desejo um excelente Natal para todos, com muito amor e felicidade.

RBhttps://www.casacomtodos.com
Informático, de profissão e vocação, adora fazer caminhadas, correr, ver séries e ler livros de finanças pessoais. Destas, apenas 2 são mesmo verdade.

2 COMENTÁRIOS

Deixar um comentário

ATUALMENTE A LER

[td_block_16 sort=”popular” td_ajax_preloading=”preload” custom_title=”MAIS POPULARES”]

COMENTÁRIOS RECENTES